24.9.17

Poesia Española - Antologia 1915-1931

Poesia Española - Antologia 1915-1931
Gerardo Diego
1936
Poesia

Um livro interessantíssimo que me veio parar às mãos. Uma antologia de poetas espanhóis do início do século XX, incluindo alguns que já me eram queridos e outros em que me estreei.

A parte mais curiosa é que, na época da publicação deste livro, a maior parte dos autores ainda estava vivo, o que dá uma outra espécie de inocência a estes poemas. A maior parte deles relata situações da vida, muito ligados à terra e à tradição.

Para além disso, fiquei fascinada com a capacidade narrativa da língua espanhola, que raramente experimentei. Afinal, não é apenas uma língua que enquanto tugas compreendemos, mas uma linguagem em si própria que é totalmente imersiva.

A quem tiver oportunidade de ler este livro, por favor pegue nele já!

Até Onde se Pode Ir?

Até Onde se Pode Ir?
David Lodge
1980
Romance

Um romance curioso sobre a perspectiva católica dos metodos contraceptivos no final dos anos 50 e início dos anos 60.

Este livro segue a história de nove pessoas que se conheciam de uma missa matinal para a qual faziam grandes sacrifícios para ir. à medida que passam as décadas, começam a compreender que a fé em deus é ligeiramente incompatível com o seu modo de vida. Aliás, que teriakm tido uma vida muito mais satisfatória se tivessem podido usar métodos contraceptivos e evitado ter uma série de crianças que não lhes trouxeram qualquer alegria.

É uma história bem documentada da evolução da perspectiva da igreja sobre estes temas modernos e a forma como os crentes foram obrigados a reagir quando apresentados com esta situação.

Infelizmente, existem simplesmente demasiados personagens para que consigamos distingui-los uns dos outros e saber realmente de que forma cada um deles evoluiu.

De resto, foi um livro que me colocou um certo debate filosófico na cabeça, o que é muito bom e interessante!

O Jardim de Cimento

O Jardim de Cimento
Ian McEwan
1978
Romance

Este é o rpimeiro romance do celebrado autor Ian McEwan. De certa forma esta história, curta e simples, acaba por caracterizar toda a temática recorrente do autor, o que é muito curioso.

Esta é a história de quatro irmãos que, vendo-se órfãos, encontram uma liberdade que qualquer adolescente sempre sonhou. Mas nem tudo é perfeito: a apatia, a falta de regras, a falta de horários, tudo isto faz com que estes irmãos comecem uma vida quase sonâmbula, de puro lazer e preguiça entremeada por pesadelos, memórias e pequenos terrores da infância.

Um jardim de cimento é um jardim em que nada pode florescer. Esta analogia pode ser aplicada a esta família: estes irmãos cimentaram-se numa casa suja, fedorenta, são eles próprios sujos e selvagens, sendo que a própria casa e a presença constante dos pais desaparecidos não lhes permitem nunca tomar qualquer tipo de atitude para saírem desta situação de moleza dissecante.

A apoteose final está muito bem estabelecida e o livro acaba com o fim do sonho desagradável e o início do verdadeiro pesadelo.

Um romance muito bem conseguido e que define muito bem o autor.

Sakurada Reset

Sakurada Reset
Kawatsura Shinya - David Production
Anime - 24 Episódios
2017
5 em 10

Mais um anime sobejante da season passada.

Existe uma ilha onde toda a gente, mais ou menos, tem uma espécie de poder. Estes poderesestão documentados por uma associação e toda a gente vive, mais ou menos, feliz com eles. Até ao dia em que dois jovens são contratados pela associação para usarem os seus poderes em conjunto para resolver mistérios e ajudar as pessoas que usam mal as suas capacidades. Os poderes dos jovens são: fazer um reset no tempo (por exemplo, voltar atrás uns dias), conjugado com a capacidade de recordar o que aconteceu durante o tempo eliminado.

Este anime tinha tudo para ser muito interessante, mas existem demasiadas coisas que o tornam numa amálgama de conceitos que fica sem ponta por onde se lhe pegue. Para começar, os poderes acabam por ser pouco claros, sendo que existem muitos buracos narrativos que não são explicados ou nos quais simplesmente ninguém pensou. Para além disso, há linhas narrativas que se iniciam e depois são esquecidas, havendo personagens aos quais é dada muita atenção para depois serem vetados ao esquecimento.

Os personagens, esses, são pessoas normais. Isto é bastante refrescante dentro do contexto, mas o facto de acabarem por não sofrer qualquer tipo de caracterização acaba por os tornar aborrecidos, insossos e demasiado planos.

Ao início, a animação - apesar de não fazer uso de nenhuma técnica especial - está bastante bonita, com uma boa utilização de cenários e elementos para além dos personagens. Também no final tempos algumas fantasias de estruturas épicas. Mas, de resto, este mundo é tão aborrecido como as pessoas que o habitam. O mesmo se diz sobre a música.

Um anime que tinha tudo para correr bem, mas que não foi capaz de se ultrapassar.

Re:Creators

Re:Creators
Aoki Ei - TROYCA
Anime - 22 Episódios
2017
5 em 10

Animes da season passada que estão a acabar agora.

Imaginemos que todos os personagens de jogos, animes, livros e por aí em diante que fomos inventando, um dia aparecem no nosso mundo? Alguns vão protegê-lo, outros vão destruí-lo. Esta premissa tem, por base, um conceito muito interessante: qual seria a reacção dos nossos super-heróis se de repente se vissem numa realidade onde não existem super-poderes?

No entanto, esta ideia acaba por ser mal aproveitada ao longo de todo o anime. A caracterização de cada uma das personagens é demasiado básica e acaba por as estereotipar dentro do seu próprio género, não permitindo nem desenvolvimento nem capacidade de adaptação. A história em si é demasiado evidente, sendo que os conflitos gerados acabam por perder o interesse quando os personagens fazem algum tipo de acção. Mas o piro disto tudo está naqueles que são as "pessoas normais". Um conjunto de abéculas que não está ali a fazer nada sem ser ter um papel completamente passivo.

A animação está bastante boa para um estúdio ainda pouco conhecido, mas os designs dos personagens são pouco práticos e sem dúvida mais complexos que o necessário. As lutas são muito interessantes em termos de animação, embora haja um uso do digital um pouco acentuado em algumas partes.

A banda sonora é pouco memorável.

Um anime que estava ansiosa por ver ao início mas que se revelou um desapontamento.

A Boda do Poeta

A Boda do Poeta
Antonio Skármeta
1999
Romance

Tinha dito anteriormente que não queria ler mais livros deste autor, mas a verdade é que ainda me calhou mais este em sorte. Mais uma vez, não gostei.

Desta feita o autor usa outro método para contar a história. Conta-nos a história de um casamento desgraçado e uma invasão de uma ilha na costa italiana pelo exército austríaco na primeira guerra mundial, com consequente fuga para o Chile de parentes do próprio autor (supostamente). 

No entanto, a forma de escrever é muito confusa e está sempre a fazer uso de palavras sofisticadas e absolutamente desnecessárias para o contexto. Penso que o objectivo seria tornar isto cómico, mas só me ir uma única vez (não resisti à chamada telefónica para o papa)

A história em si acaba por se tornar irrelevante devido à caracterização demasiado bem disposta dos personagens.

Autor a evitar a partir de agora.

Touka Gettan

Touka Gettan
Yamaguchi Yuuji - Studio Deen
Anime - 26 Episódios
2007
6 em 10

 Este anime surgiu sugerido no meu clube mesmo na melhor altura, porque já o tinha sacado para ver. ;)

Trata-se de um anime um pouco estranho ao início, porque a estrutura narrativa não é de todo vulgar. Muitas pessoas sugerem vê-lo do fim para o início, porque está tudo ao contrário. é uma história de raparigas bonitas envolvidas em processos mágicos e estranhos, até aí tudo bem. Mas o facto de o anime estar de trás para a frente torna tudo muito pior do que poderia ser ao início: se os primeiros episódios estão recheados de acção e coisas surpreendentes, à medida que vamos prosseguindo com o anime este fica cada vez mais vulgar e slice-of-lifesco, chjegando ao cúmulo de colocar todas as personagens num concurso de beleza.

Estas também não beneficiam de caracterização precisamente por causa desta estrutura estranha. Ao início não sabemos nada sobre elas nem como chegaram a esta sigtuação, mas à medida que as vamos conhecendo ao revés tornam-se muito menos interessantes qyue o esperado.

A arte e animação é bastante bem conseguida nos primeiros episódios, ficando completamente sub-aproveitada nos seguintes. O penúltimo episódio tem uma opção artística muito curiosa e é, sem dúvida, o melhor do conjunto.

Musicalmente, nada de especialmente bom.

Um anime que falha quando tenta ser melhor.